NOTÍCIAS

Firmado termo de cooperação para renaturalização do Rio Gravataí

Compromisso inclui a realização de ações para preservação

A Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) e a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) firmaram, nesta segunda-feira (17/7), um termo de cooperação com o Ministério Público Estadual para a renaturalização do Rio Gravataí. A decisão surgiu diante da necessidade de recuperação das áreas degradadas para regenerar os ecossistemas naturais. Pelo compromisso, os órgãos ambientais vão implantar ações para preservação e recuperação do conjunto de banhados formadores do rio, especialmente no trecho inicial, onde há mais áreas atingidas pela erosão. Esse conjunto de banhados forma a Área de Proteção Ambiental do Banhado Grande.
 
A iniciativa considerou ainda o compromisso de estados e municípios com proteção, preservação e equilíbrio do meio ambiente, preservando florestas e combatendo a poluição. Também foi destacada a importância da conservação dos recursos hídricos para evitar e/ou minimizar cheias e reduzir as secas, em especial nas áreas densamente povoadas. Os órgãos estaduais vão providenciar os estudos e os procedimentos administrativos legais para a criação de Unidade de Conservação de Proteção Integral com preservação e restauração do conjunto dos banhados que formam o Gravataí. Devem ainda trabalhar em conjunto com o Comitê de Gerenciamento de Bacia Hidrográfica, o Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental do Banhado Grade e os municípios de Gravataí e Glorinha, visando a execução das ações a serem desenvolvidas. 
 
Fonte: Governo do Estado
 
comentários (0) faça seu comentário

- nenhum comentário foi encontrado para esta notícia.